Destaques

Comissão técnica da seleção feminina fecha seu ciclo frente a seleção com todas metas alcançadas

A comissão técnica da Seleção Brasileira de Futebol 7 feminino no ano de 2018 era formada pelos integrantes da equipe do Figueirense / Paula Ramos, atual bicampeão mundial de clubes.  André Hoepers e Emerson Prado comandaram o Brasil na conquista do vice-campeonato da Copa América em Lima, no título da Copa das Nações em São Paulo e na histórica conquista da Copa do Mundo de Futebol 7. A fisioterapeuta Flavia Loch, também do Figueirense / Paula Ramos, fez parte das últimas duas conquistas do Brasil no futebol 7 feminino. A coordenadora convidada exclusivamente para a Copa do Mundo foi Thayane Valtrin.

 

Atuando paralelamente no clube e seleções se tornaram os maiores vencedores da recente história do futebol 7 feminino internacional. Em 2017 André Hoepers foi eleito o melhor do mundo pela Federação Internacional, dividindo os méritos e prêmio com Emerson Prado. Este ano novamente André foi indicado ao prêmio de melhor do ano no futebol 7 mundial.

 

A Associação Brasileira de Clubes de Futebol 7 após um ano de desenvolvimento do seu projeto de alavancagem do futebol 7 feminino analisou o cenário da modalidade e irá promover mudanças procurando beneficiar outros profissionais competentes que atuam no segmento, oferecendo ainda mais estímulo e projeção para as pessoas que militam na modalidade.

 

"A comissão técnica do Figueirense / Paula Ramos fez um trabalho extraordinário frente a Seleção e também no clube. Corresponderam a expectativa e cumpriram com a missão deles dentro da Seleção e alcançaram as metas do nosso plano de desenvolvimento, nos entregando o título mundial. Somos gratos por todo profissionalismo, dedicação e compromisso que tiveram durante este ano frente ao time nacional. Eles são bicampeões mundiais de clubes, conquistaram 02 títulos importantes com o Brasil e provavelmente irão brigar pelo título dos principais campeonatos nacionais e internacionais de clubes em 2019. Entendemos que é momento de oferecer a oportunidade de mais profissionais do segmento crescerem junto com a alavancagem da modalidade. Temos que estender mais benefícios a mais pessoas que batalham dentro do esporte. Quanto mais pessoas tiverem oportunidade de crescer dentro do futebol 7 feminino, mais o esporte vai crescer. Ainda não definimos comissão técnica para 2019, porque ainda estamos fazendo readequações no calendário nacional e também no que a Seleção Brasileira irá disputar na próxima temporada" afirmou Wanderlei Ramos, coordenador geral de seleções.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Seleção Brasileira feminina conquista o título da Copa das Nações

05.10.2019

1/3
Please reload

Últimas notícias
Please reload

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CLUBES DE FUTEBOL 7

confderação brasileira de futebol 7 society

© todos direitos reservados.